Da Fantasia às Metas

Palavras Chave: Coach, Coachee, Coaching, Desempenho pessoal e profissional, Disney, Fantasia, Identidade, Imagens, Imaginação, Meta, Objetivo, Planejamento, Sonho.

Coaching é um processo que conduz seus clientes, chamados de Coachees, a elevar seu desempenho pessoal e profissional através de técnicas, ferramentas e metodologias focadas nos recursos latentes do indivíduo, quer seja na vida pessoal, no grupo, ou na vida empresarial.

Quando um Coach pergunta ao seu Coachee: Aonde você quer chegar? As respostas muitas vezes são incoerentes e incongruentes. Essas duas características são impedimentos sérios para atingir o alvo mirado. A Analogia nesse sentido é uma viagem, a um determinado local. Veja se é importante:
- Seu carro deve estar em boas condições, com combustível suficiente, entre outras providências.
- Logicamente você precisa saber dirigir, entre outras soltar o freio de mão sempre que necessário. Frear e desacelerar sempre que as condições de trânsito e estrada exigirem.
- Saber exatamente o caminho a ser trilhado.
- Ter clareza de que o local de chegada lhe agrada.
- outras, outras, outras, como por exemplo, saber a diferença entre fantasia, imaginação, sonho, objetivo com a sua meta.

É preciso desta forma clareza para atingir uma meta.. Quais são as principais dificuldades que se apresentam:

1-Confusão entre Metas e Fantasias
As fantasias são as relações que o subconsciente tem com os símbolos. Fantasiar é importante como ensaio mental: amplia horizontes, melhora as percepções. Na infância é fundamental para o relacionamento com o mundo exterior. Ao fantasiar a criança entra no mundo das hipóteses, usando as imagens como formas. É a fase da identificação com ser distinto dos demais.

Você como eu muitas vezes quis fugir para Passárgada, confesse. E conversar seriamente com seu amigo Rei. Lembrando os versos de Manoel Bandeira:

Vou-me embora pra Passárgada. Lá sou amigo do rei.

Deu vontade de ler a poesia completa e viajar nas palavras? Veja aqui: " Vou-me embora pra Passárgada"

E quando estamos sem o Rei de Passárgada para conversar? Hipóteses ou Indecisões?

O adulto quando está fantasiando, considerando até alguns benefícios desta atividade, está sempre em um palco, representando um papel, sempre conversando com o Rei de Passárgada. Há autores da área da psicologia, que afirmam ser esta representação, um modo deformado por processos defensivos. Outros autores afirmam que esta representação, é uma manifestação verídica do subconsciente. De uma forma ou outra, sendo um processo fora da realidade, embora considerados seus benefícios dentro dos programas mentais, não está voltado ao futuro, divergindo assim do que seja uma meta.

2- E usar a imaginação ajuda na definição de metas?

Um raciocínio lógico leva você de A a B. Imaginação leva você a qualquer lugar que você quiser. Albert. Einstein

A imaginação é um processo de formar imagens, sensações, e sons na mente. Para criar algo, é preciso primeiro imaginá-lo, colocar foco no que realmente se quer. As grandes ideias que proporcionam evolução da humanidade começaram na imaginação de grandes gênios, que muito provavelmente se tivessem ficado apenas na imaginação, não contaríamos com as vantagens da sua genialidade. Já avançamos um pouco em nossa análise, estamos partindo para a criação. Todavia, apenas imaginar não significa definir metas, a imaginação está no campo da intenção e as metas no campo da ação.

3-Sonhar? Melhorou?

Um dos grandes professores que passou pela minha vida, sempre afirmava: Você envelhece quando deixa de ter sonhos para ter saudades. Sonhar possibilita movimento em nossas percepções, está direcionado ao futuro de longo prazo. Os sonhos são exercícios de criação de alternativas e escolhas. Tudo é possível quando o ser humano decide ter sonhos. A seleção das alternativas viáveis é o ponto de partida para o caminho das metas.

O Extraordinário Walt Disney, nas suas fantásticas criações, utilizava como ponto de partida (hoje utilizado como "Estratégia Disney") o Disney Sonhador. . Robert B. Dilts, em seu livro: A Estratégia da genialidade refere-se assim sobre o método:

"Criatividade como um processo completo envolve a coordenação destes três subprocessos : sonhador, realista e crítico. Um sonhador sem um realista não consegue transformar idéias em ações tangíveis. Um crítico e e um sonhador sem um realista fica preso em um eterno conflito. O sonhador e um realista podem criar coisas, porém não atingirão um nível alto de qualidade sem um critico. O critico ajuda a avaliar e refinar os produtos da criatividade."

Segundo diversos relatos, Walt Disney na criação de diversos desenhos e empreendimentos, muito bem sucedidos até hoje, começava o processo na postura: O Sonhador. Ele utilizava uma sala especial, onde liberava todo seu poder de sonhar com os personagens (alternativas). Era a fase que ele mais apreciava. Terminada esta fase ele passava para o processo: O Realista, para posteriormente chegar ao Crítico. Dilts ressalta que estas três fases se complementam. Todavia eram palavras de Walt Disney, profundas e inesquecíveis:

...Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser uma tênue luz no presente.
Aprendi que de nada serve ser luz, se não iluminar o caminho dos demais.
Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...
Naquele dia, aprendi que os sonhos existem, para tornar-se realidade.
E desde aquele dia já não durmo para descansar... simplesmente durmo para sonhar."

4-...e sobre Objetivos, é o mesmo que Metas?

Quase chegando hem? Objetivo é o que você quer e almeja. No exemplo inicial, onde queremos chegar a um determinado local, é um objetivo. Vale à pena pensarmos um pouco sobre objetivos. No texto inicial, colocamos como premissa: Ter clareza de que o local de chegada lhe agrada.

- O que garante um objetivo coerente com o melhor de você?
* Inicialmente conhecer seus valores, conhecer quem é você na essência.
* Descubra o que é que faz você ter prazer e paixão no seu dia a dia.
- O que faz você perder a noção do tempo? O que faz você parar de respirar por segundos, para não atrapalhar a boa sensação de estar com você e suas verdades?
- O que faz você ser o seu herói e empunhar uma espada para combater tudo e todos que impeçam o seu livre caminhar. Lembre-se se você não definir seus objetivos alguém vai definir para você. Nesse momento esse objetivo não é seu e não haverá a clareza de que o local de chegada lhe agrada.

5-Temos um objetivo só nosso, como transformá-lo em meta?

Começando a viagem:
- Identidade - Você é a pessoa certa para o lugar a chegar? A meta traduz em termos positivos e assertivos O que você realmente quer? Está alinhado com seus valores?

Essa meta é ecológica? Como a conquista dessa meta afetará direta e indiretamente as pessoas que participam da sua vida? Vai mudar a maneira de relacionamento com elas?Quais as vantagens e desvantagens frente ao seu grupo de relacionamentos, quando da conquista da mesma? Você está preparado para essa mudança?

- Planejamento - Como chegar?- Quando chegar? - Que recursos são necessários para atingir o local desejado? Você está ciente que uma meta não existe sem data, recursos e ferramentas adequadas?
- Quais são as evidencias de sucesso reservadas a essa meta? É mensurável? É possível visualizar sua realização?

- Mecanismos de Controle - Que obstáculos precisam ser removidos do caminho?
- E se os obstáculos atrapalharem? Você desiste ou encontra alternativas?
- O quanto você está comprometido(a) com essa chegada?

- Feedback- Você está disposto a ser sempre alerta, observar, diagnosticar e melhorar sempre que necessário?

6-Você não precisa de objetivos e metas?

Vale lembrar: Viver bem é muito relativo. O que significa para você "viver bem o presente"? É uma pergunta característica de um Coach. Este profissional estará sempre fazendo este tipo de pergunta, para despertar em você a coerência e o alinhamento de sua visão de futuro.

- O Presente traz informações.
- O Passado traz a experiência.

Considerados e respeitados são a suposta base do seu livre caminhar. Embora a cada passo que dá no presente, você está construindo seu futuro, tendo consciência disso ou não, seus valores e visão do futuro precisam atualizar-se constantemente, para atender onde você pretende chegar. Criar fantasias, voar com sua imaginação e sonhos, correr para objetivos e metas, faz você sentir-se vivo, e.....

Mudar, refazer, replanejar é a grande diferença que caracteriza o ser humano inteligente. Sempre que alguma ação não está apresentando os resultados desejados, podemos e devemos encontrar outras rotas, pois o mundo é feito de incertezas. Para conviver bem com nossas metas e planos, precisamos ser flexíveis, ter sempre um plano B. Este tipo de comportamento é coerente com quem está ao lado da solução e não do problema.

Para você cumprir bem suas metas, é fundamental descobrir sua identidade, seu manual de operações: A Missão de Vida. Selecionei o artigo: Qual é sua Missão

Depois de descobrir sua missão de vida acompanhe algumas orientações de... sobre como visitar o futuro e acostumar-se com ele.....Criar o futuro

 


   

 

 

 

 

Master Practitioner em PNL

Click aqui para falar comigo ==> atendimento@coachviaconte.com.br

Elza Conte - Uma Coach que acredita em constante reconstrução.



VOLTAR