Um Planejamento com a sua marca -O que vocÍ realmente quer? Certezas?

Palavras Chave: Coach, Coachee, Coaching, Congruência,Incertezas, Metas, Mudanças, "Oque você quer?",Perguntas de Poder, Planejamento

Vivemos em mundo de incertezas. Todos os dias você precisa adaptar-se às mudanças apresentadas. Os caminhos que você trilha têm sempre um componente de mudança. Os procedimentos que você adota, têm sempre uma vertente diferente a cada etapa de ação. Por isso precisamos ter muitas certezas, conhecermos nossos valores, saber o que realmente queremos, para conviver com as incertezas, que o mundo nos oferece a cada momento.

Você sabe por que o caminho de volta é sempre mais curto?

Você como eu já deparou com esta percepção. Quando você vai para um lugar desconhecido e o caminho parece-lhe muito longo, certamente a volta para casa parece muito mais rápida. Por que isso acontece? Porque você tem certeza aonde quer chegar. É assim que nosso cérebro sente-se confortável: com certezas. As incertezas o mundo nos oferece gratuitamente.

Com o mesmo peso perturbador, existe em nossas vidas o: "Eu só sei o que não quero". A alegação de quem defende e utiliza a frase, é que se faz necessário precaver-se de experiências passadas mal sucedidas. Um de nossos correspondentes mandou-me um e.mail afirmando:

- Eu não quero fazer coisas erradas, perder tanto dinheiro.

Inicialmente experiências mal sucedidas, devem ser consideradas como simples resultados, base para reavaliação de formas e métodos. Elas não são determinantes para o futuro, são apenas um referencial. Que bom sermos capazes de refazer....você concorda?

Você sabe que nosso cérebro tem dificuldades com o "não"?

A palavra "não" é uma abstração, não tem forma ou imagem armazenada em nosso cérebro, que tenderá a prestar atenção nas palavras que o sucedem na frase.

Veja o seguinte exemplo: Feche os olhos e não pense na cor amarela.

O que acontece? Automaticamente você visualizará o Amarelo, não existe para nosso cérebro o "não amarelo".

A frase citada anteriormente é confusa para nosso cérebro, que entenderá que você quer continuar fazendo coisas erradas e perdendo dinheiro. O correto ao formulamos frases, desejos, sonhos é expressar o que queremos:

- Eu quero fazer as coisas certar, ganhar muito dinheiro.

Parece muito simples essa troca de palavras? Saiba que é muito mais sério do que possamos imaginar. Uma descrição equivocada da realidade forma uma percepção, que gravada em seu subconsciente, torna-se uma verdade.

Quais são os sintomas de uma percepção equivocada em nosso subconsciente?

Formação de crenças limitantes, diálogos internos desestimulantes, que geram Bloqueios de ação.

Os bloqueios se apresentam inicialmente como emoções bastante conhecidas, traduzidas por frases do tipo:

- Eu não consigo, não sou digno.
- Por que tudo dá errado para mim?
- Eu não mereço ser feliz.
- Muitas outras, que você conhece muito bem. Verdade?

Neste caso a solução é buscar as causas de tais percepções. Um Coach tem muitas ferramentas para ajudá-lo neste sentido.

Quanto ao "Planejamento com sua marca", comece por formular frases que denotem o que você quer, e não o que você não quer.

Outro aspecto muito importante dentro dos nossos "Eu quero", investigue se há outras pessoas interessadas em fazer você querer o que elas querem. Família, amigos, colegas de trabalho, estarão sempre esperando um espaço para motivá-lo a segui-los. Neste caso a decisão é sua entre ser o protagonista da sua vida, ou um coadjuvante. Importante ressaltar que as pessoas que nos convencem a seguir seus objetivos, não têm necessariamente más intenções em fazê-lo. Elas estão preenchendo uma lacuna deixada por você. O que você quer deve ter a sua marca pessoal, parecer-se muito com você. Uma forma evidente de comprovar esta questão é conseguir ver-se por inteiro, nesta formulação de querer. Se você conseguir responder satisfatoriamente as questões abaixo, é uma evidência de sucesso:


- Como você quer se sentir quando atingir o seu objetivo?
- Quem estará junto com você nesta chegada?
- Quais são as evidências de sucesso?
- Como estará seu estado de espírito?
- Quais serão os benefícios de atingir este ponto de chegada?

Segundo o Guru Antony Robbins no seu livro Poder sem limites, para sabermos o que queremos, precisamos ir além dos nossos limites, além de termos antecipadamente a sua representação mental. O Guru vai além:

"Para irmos além de nossas limitações presentes, devemos primeiro ter a experiência mais em nossas mentes - e nossas vidas, então, seguirão.
Deixe-me dar-lhe uma metáfora física simples para isso. Tente o seguinte: fique de pé, com os pés ligeiramente separados e apontados para fora. Traga ambos os braços para frente, levantados de forma a ficarem paralelos ao chão. Agora vire-se para a esquerda, apontando o dedo o mais afastado que possa, confortavelmente,enquanto vira. Tome nota do lugar onde parou, pelo ponto na parede oposta onde o dedo parou. Agora vire-se de volta, feche os olhos, e, em mente,imagine-se virando outra vez, só que desta vez indo mais longe. Agora outra vez, e dessa vez mais longe ainda. Agora abra os olhos, e fisicamente torne a virar. Note o que acontece. Você virou muito mais longe? Claro que sim. Você criou uma nova realidade exterior, ao programar primeiro seu cérebro, para ir além dos limites prévios."


Vamos fazer diferente em 2016? O que realmente quer? Você sabe de todas suas certezas? É possível ir além como sugere o Guru? Que tal fazer um Planejamento com a sua marca?

   

 

 

 

 

 

Master Practitioner em PNL

Click aqui para falar comigo ==> atendimento@coachviaconte.com.br

Elza Conte - Uma Coach que acredita em constante reconstrução.

VOLTAR