A arte de ouvir
Palavras chave: Ajuda ao próximo, Coach, Coachee, Coaching, Saber Ouvir

Ajudar é um ato muito sério, que importa em permitir que o outro cresça. As vezes nem isto é possível. As vezes precisamos apenas acabar com a fome de alguém, e não adianta filosofar muito, se dar esmola é importante ou não, "saco vazio não para em pé", já sabemos disto faz muito tempo. Estes parâmetros sempre nos incomodam muito. Penso que o principal motivo é porque não exercitamos todos os dias esta atividade.

Eu tive a feliz oportunidade de conviver com o Professor Herculano Pires, Espírita, filósofo e jornalista. Frequentei por muitas vezes sua casa e convivi com sua fantástica família. Certo dia em que fui levar na sua casa, um trabalho para ser conferido, ele estava sentado nas escadarias externas de sua casa, conversando com duas pessoas chamadas bêbadas.

Quem conheceu o Professor Herculano, autor de livros de filosofia, certamente como eu, ficaria chocado em ver aquela cena, duas pessoas sujas, comendo um pouco de comida, e contando piadas sem qualquer nexo. O Professor soltava deliciosas gargalhadas, como se estivesse ouvindo aquelas piadas pela primeira vez, com um carinho no olhar de fazer qualquer pessoa parar e observar. Os bêbados, o Professor e seus cachorros. Aparece em minhas lembranças como um valioso quadro.

Entrei e o esperei muito tempo. Não foi nenhum sacrifício, a conversa com D. Virginia, sua esposa, era tão agradável quanto. Ela confidenciou-me naquele dia, que sempre fazia, sem o professor perceber, um pouquinho a mais de comida, só para sobrar.

Não imagine que ele abreviou a conversa porque eu o esperava. Fez como todos os dias: Esperou os seus amigos terminarem a refeição, despediu-se deles como um cavalheiro. Lavou as escadarias, tendo sempre em vista seus amigos, se afastando rua abaixo, acenando com muito vigor e contentamento.

Quando ele entrou, disse-me em tom de critica e sempre com muito ternura: Elza você esta surpresa? A comida que dei aos pobres era sobra iria para o lixo, as piadas são iguais de todos os dias, dou risadas junto com os anjos que os acompanham, que ficam fazendo gracinhas só para ajudar o tempo passar. Mudá-los? Infelizmente não consigo, o que posso dar a eles é ouvi-los com atenção e carinho, o que lhes tem sido negado por toda uma vida.

Apenas mestres conseguem ouvir nestas condições. E ele fazia todos os dias da sua vida, exceto quando estava proferindo as suas memoráveis palestras, quando D. Virginia entrava em ação, e entregava a comida aos pobres. Após sua passagem para o lado de cima, ela confidenciou-me novamente, que apenas dava-lhes a comida, não conversava com eles, por que saber ouvir é arte de mestres.

Esta doce lembrança do Prof. Herculano, tem servido de inspiração, quando atendo meus Coachees. O Coach precisa ter ouvidos preparados para ouvir. Ouvir é muito mais que escutar. Como o Prof. Herculano, o Coach ouve para entender o que acontece, no mundo do seu cliente. Muitas vezes uma pessoa resolve todos os seus problemas, falando e sendo ouvido, porque o alimento dos seus pensamentos, muitas vezes lhe traz as soluções. É sempre bom lembrar o Coach tem as perguntas, o Coachee as respostas.

Logo após aquela explicação ele deu-me uma inesquecível aula de filosofia, que para lembrar, preciso reler os fundamentos, mas a história dos bêbados e suas piadas eu não esqueço jamais. Saudades do senhor Professor.

 

   

 

 

 

 

 

Click aqui para falar comigo ==> elzaconte@coachviaconte.com.br

 

Elza Conte - Uma Coach que acredita em constante reconstrução.

VOLTAR