Um Planejamento com a sua Marca - Começo, meio e fim
Palavras Chave: Abstrações, Armazenamento de Informações, Coach, Coachee, Coaching, Começo-meio e fim, Concentração, Modalidades Representacionais, Mudanças, Planejamento

Como as informações são armazenas em nossa mente? Como esse armazenamento pode ser utilizado a nosso favor? O que esse armazenamento pode nos ajudar no "Planejamento com a nossa Marca?". Apenas para lembrá-lo há outros 6 passos no menu Planejamento do meu site. Você gostaria de conhecê-los? Veja artigos anteriores - Clique aqui

Conhecemos em detalhes o nosso carro, nosso computador, nosso celular, mas desconhecemos como as informações estão armazenas em nosso subconsciente e como elas aparecem, feito janelas abertas em nossa mente, tirando-nos do presente, e colocando-nos em estado de abstração. Imagine-se rezando um Pai Nosso desta forma:

Rezando: Pai nosso que estais no céu...
Divagando: Pai, nossa meu pai, esqueci-me de ligar para ele... Nossa! Agora sim eu vou ter que ouvir... Ok, continuando...

Rezando: Santificado seja o Vosso Nome...
Divagando: Nome? Qual é mesmo o nome do remédio que ele pediu para comprar? Dixotinalésio? Não... Tinaxodilasênio... cada nome, meu Deus... Deus... Nossa! Eu estava rezando...

Rezando: Venha a nós o Vosso Reino...
Divagando: Lembrei... Voxodilasênio... Ufa! Que alívio... Vou anotar.

Rezando: Seja feita a Vossa vontade.
Divagando: Bem, vou acabar essa oração depois, antes que eu esqueça o nome do remédio... Nome do remédio? Ai! Já esqueci... Bem, agora preciso ligar para minha secretária e resolver a questão do pedido pendente.

Por que perdemos o estado de concentração com tanta facilidade?
Há várias situações que nos fazem perder o estado de concentração, gostaria de chamar atenção ao bastante usual, relatado por inúmeros clientes meus (Coachees). São os chamados "gatilhos de palavras-chave". Como no exemplo da oração, ajudado pelo estado de abstração, uma palavra o tira da sequencia pretendida (oração, por exemplo). Tais situações são mais comuns do que possamos imaginar.

Você como eu já deve ter deparado com a situação de levar um assunto a ser discuto com outra pessoa, e utilizando a expressão popular quando um assunto puxa o outro, e ter conversado sobre várias situações, menos a mais importante. Já aconteceu com você?

Tais gatilhos são formados através de eventos criados pelos nossos sentidos (Modalidades Representacionais)- Visão, Audição, Tato, Gosto e Olfato. No exemplo da oração, com o foco difuso, as palavras: Pai, Nome, remeteram o(a) pretendente a conversar com Deus, a outras situações, diferentes evidentemente do objetivo rezar. Confiar na sua mente nesses momentos, acaba sendo improdutivo e desmotivador. Se o nosso pretendente a falar com Deus, tivesse por escrito em sua agenda, o compromisso de comprar um remédio para seu pai, e evidentemente o nome do remédio, sua prece não teria sido interrompida de forma tão inoportuna. Para pessoas com Modalidade Representacional voltada a Visão, ter seus compromissos por escrito, alinha as atividades a serem desenvolvidas.Veja artigo completo sobre Modalidades Representacionais- Clique aqui

Outra característica que é tema deste material, além de estar por escrito, a informação precisa ter "Começo, Meio e Fim". Caso contrário seu subconsciente irá cobrá-lo, pode acreditar, até haver uma decisão lógica, do evento a ser realizado.

Veja se isso acontece com você:
Você convidou alguns colegas para um almoço de confraternização. O Objetivo é homenagear um querido amigo(a) que vai aposentar-se. Quando você falou sobre o assunto, muitas pessoas adoraram a ideia e pediram para você avisá-los da data e local.

Você pensou: No final de semana penso no assunto.

Pura ilusão. Enquanto você não fizer o planejamento dessa atividade, com "Começo, Meio o Fim", a atividade ficará presente em seus pensamentos, cobrando uma solução ou a desistência da ideia.

Algumas dessas ideias incompletas fazem parte do nosso dia a dia, como o caso de Planejamento de Atividades. Você já percebeu como são improdutivas, sem estímulo e motivação? Estamos tratando nesta série de artigos, de um "Planejamento com a sua Marca", muitos de nossos leitores argumentam que não conseguem começar, persistir, visualizar. Está faltando nesse planejamento a sensação de "Começo, Meio e Fim". O entendimento sobre como nosso cérebro processa informações, como conseguimos melhorar nossas percepções quando a abstração aparece, e como podemos e devemos nos concentrar e nos comprometer com sua execução, fazem toda a diferença.

Começo:
Tem sido difícil começar uma atividade? Como no exemplo da oração: você está sendo congruente com seus valores? O que estaria faltando considerando as modalidades, anteriormente colocadas, para seu cérebro aceitar o que você pretende fazer.
- O projeto é visível? Você consegue ouvir sua voz interna aprovando o mesmo? Consegue senti-lo?

Meio:
Você começou e tem dificuldade em continuar? As abstrações estão sendo constantes? Falta concentração?
Bem, considerando que você está congruente com seus valores e sabe aonde quer chegar, faz-se necessário analisar os impedimentos do seu livre caminhar.
Várias questões podem ser analisadas neste momento, todas envolvidas com seu autoconhecimento, a saber:

- Os medos do sucesso, do fracasso e da incompetência;
- Questões envolvidas com status do grupo ou da família, ocasionando perdas diversas;
- As crenças limitantes, crítico interno etc.;
- Zona de Conforto - mudar é sempre complicado, você concorda? Como o próprio nome indica, estar confortável em uma situação é muito bom, Para que arranjar "sarna para se coçar"? Já ouviu esse ditado várias vezes na vida, concorda?

Fim:
Mudar é estimulante e motivador, como uma oração feita com fé e determinação, quando sua meta é atrativa, significativa, congruente, assertiva, mensurável, atingível, tem data estipulada e lógica para ser realizada.
Você concorda com todo o texto anterior, mas está mais para a pessoa que misturou a oração com o remédio do seu pai?

Um Coach pode ajudá-lo muito a compreender, como sua mente está ou não prepara, para o que quer fazer.

Você merece fazer um planejamento com a sua marca.

   

 

 

 

 

 

Master Practitioner em PNL

Click aqui para falar comigo ==> atendimento@coachviaconte.com.br

Elza Conte - Uma Coach que acredita em constante reconstrução.



VOLTAR